Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Jamais eu podia imaginar que seria assim...
Sei que um dia desses tive uma experiência fantástica!

Precisei ir às pressas ao dentista. Então aproveitei uma das minhas viagens e resolvi dar uma passada em Brasília-DF, onde fui me encontrar com um casal de amigos odontólogos para cuidar de um problema na gengiva.

Na cadeira do consultório, o Doutor Eduardo me diz: “Precisarei dar uns pontinhos em sua gengiva”.
Tudo bem... Então ele cobriu o meu rosto com aquele pano que tem um pequeno buraco redondo no meio, deixando aparecer somente a boca.
Durante a pequena cirurgia, eu tive um encontro com o Senhor. Eu jamais esperava!
Naquele momento, para mim, não eram as mãos do Eduardo, mas as mãos de Deus a me tocar.
Como eu não podia ver nada, apenas sentia de maneira tão forte, que Deus cuidava de mim.
As lágrimas rolavam no meu rosto, escondidas pelo pano.

Ao tirar o pano, Eduardo me olhou e me perguntou preocupado: “Você está sentindo alguma dor?”.
Então comecei a lhe contar o que eu estava vivendo naquele momento. Ele também começou a chorar.
No consultório havia mais pessoas, além de outros dentistas.
Mas o carinho de Deus foi tão grande, que nesse exato momento acabou a energia elétrica.
E como estávamos no escuro, pudemos chorar à vontade, pois ninguém podia nos ver.

E para a minha alegria e surpresa, Eduardo começou a testemunhar:
Um dia ele teve a oportunidade de falar num encontro diante de muitas pessoas que queria ser um cirurgião de Cristo e que quando ele cuidasse dos pacientes, que não fossem as suas mãos, mas as mãos de Deus a cuidar deles.
Eu falei ao Eduardo com uma alegria imensa: Hoje se cumpriu!

Haja coração! Seguramente foi um encontro com o Senhor...
E olhando para minha limitação, apenas fiquei pensando:
“Quem dera ter encontros assim, a todo instante, com o Senhor!”.

 

Walmir Alencar
www.walmiralencar.com.br

Dr. Eduardo Izidro
eduardoizidro@uol.com.br

  
  
 

Ver outros artigos de Walmir Alencar

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.