Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


1 Pedro 4, 17 - Porque vem o momento em que se começará o julgamento pela casa de Deus. Ora, se ele começa por nós, qual será a sorte daqueles que são infiéis ao Evangelho de Deus?

Irmãos do cão violentam a casa de Deus

A igreja está sendo molestada por aqueles que não amam a Deus. Se analisarmos com frieza, veremos que parece que há uma conspiração maléfica destinada a acabar com a credibilidade de nossa igreja, a acabar com os meios que temos para abrasar corações que há muito andavam sem esperanças.

O inferno está recrutando pobres homens para serem seus soldados, são pessoas que se enquadram naquela fala de Jesus "... Perdoai, Pai, eles não sabem o que fazem...". Tem muita gente se sujando gratuitamente, meninas e meninos, tão novos, mas já maculados pela grande promessa de prazer que o mundo oferece. Policiais, políticos, funcionários públicos se vendem, vendem sua honra, seu caráter, sua família, pelo prazer de poder comprar, poder mandar..

Jovens se entregam ao perigo, ferem a constituição federal brasileira e invadem propriedades santas para se apropriar de instrumentos que salvam vidas. O inferno joga pesado mesmo!

Como e o que fazer? Não sei a resposta, até porque reconheço que é muito difícil ter esta resposta. Eu decidi uma coisa: vou voltar a rezar meu terço, nem lembro mais quais são os mistérios, se são gozosos nas segundas, dolorosos, mas isso é o de menos, já passei na Paulinas, comprei um panfletinho de como rezar o terço e fui lembrando das Graças alcançadas e de como eu rezava, como era uma pessoa de oração. Comentei com um amigo que voltaria a rezar o terço e dessa forma ele se sentiu incentivado a voltar a rezar também.

Creio que será assim, voltar às raízes de nossa fé talvez seja a solução para combater as ciladas e investidas do inimigo na Igreja Católica. Se voltamos, amamos, somos humildes, passamos por cima de sentimentos que o inimigo vibra quando sentimos. A grande arma que podemos apresentar nesta guerra é o amor. O inimigo não ama, não respeita, não divide, não confia. Se fizermos tudo isso, estaremos quebrando a investidura que o inimigo tem feito no mundo. Rezando o Terço conseguimos amar muito, respeitar, confiar e dividir. Preste atenção nisso: rezar o Terço nos enche de unção, de doçura e de pureza necessária para contagiar pessoas a servir, a serem dóceis, a se contentarem com o suficiente para viver bem.

Vamos rezar o Terço?
Vamos nos unir em um grande movimento de oração e com certeza veremos o resultado
.

 

O que Deus uniu o homem não separe!

Robson Mendes (robsonmendes@aliancadevida.com.br)
Ministério Aliança de Vida - Rio de Janeiro-RJ

  
  
 

Ver outros artigos de Robson Mendes

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.