Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Como disciplinar um músico católico - uma das tarefas mais difíceis, quando falamos em "ministros de música". Cada músico tem a sensibilidade à flor da pele e tem uma reação imediata diante dos fatos que estão à sua volta. O músico, tanto o cristão como o secular, tende a deixar o coração falar mais alto que a consciência, querendo sempre mostrar seu talento. E quando ele é criticado? Sente na alma que todo o seu preparo não valeu em nada.

Com raras exceções, devemos pedir a direção do Senhor para saber colocar que o músico cristão está ali para dar glórias ao Senhor e não receber a glória para si.

Existem alguns tópicos importantes que poderemos meditar dentro deste assunto:

1. O músico cristão tem de sentir que é chegada a hora de servir ao ministério, devendo saber que sofrerá tribulações no momento que começar a servir. O "encardido" procura perseguir muito mais os músicos, porque a ele foi destinado o atributo de ser servo na casa do Senhor, procurando derrubar todo aquele que oferece a vida para adorar e louvar ao Senhor. Portanto, o coordenador do ministério precisa discernir se determinada pessoa está preparada ou não para enfrentar estas tribulações e tentações...

2. O músico deve ter a consciência que é SERVO na casa do Senhor. Cabe aos líderes da Igreja servirem de exemplo para que ele veja que cada um se dispõe para Obra sem contrariar-se, mas se isso acontecer, que o faça mesmo contrariado para que se manifeste a vontade de Deus.

3. Todo músico deve buscar a Deus através da palavra (Bíblia), seja nos ensaios, em formações, nas orações individuais ou em grupo, para que os membros do ministério de música possam ter a consciência de que louvar ao Senhor não é apenas colocar seus talentos a serviço da Obra, mas que deve colocar a sua vida nas mãos do Senhor. Ele deve se doar por completo para que a glória do alto possa se manifestar através dele.

4. Elaborar normas para o ministério. Cabe ao coordenador (líder) do ministério de música criar normas voltadas para o engrandecimento da Obra de Deus, sendo sempre o primeiro a segui-las para que os outros não sejam incentivados a desrespeitar a qualquer item ali colocado. Seja criativo e crie regras fundamentais como não atrasar a ensaios, participar da santa missa semanalmente, estar junto nos momentos de oração em grupo, cuidar bem dos instrumentos, colocar o ministério como compromisso número um, etc. Lembre-se que você só terá controle sobre seu ministério a partir do momento que você colocar normas e cobrar de todos a cumplicidade das mesmas.

5. O músico deve ter a consciência de ser exemplo de vida cristã. Cabe ao coordenador colocar ao músico que ele será observado fora da Igreja, no cotidiano por aqueles que são usados pelo inimigo para acusá-lo.

6. Todo "músico de Deus" que não segue normas deve ser afastado, pois como já foi mencionado acima, deve compreender que é SERVO do Senhor. Já vi diversos músicos cristãos mostrarem seu talento à Igreja mas para engrandecimento próprio. Todos sabemos que Deus não se agrada disso, pois fomos feitos para louvá-lo e adorá-lo em Espírito e em Verdade. Não precisamos e não devemos ter pessoas que não souberam ainda, não tiveram no seu coração a noção exata do que é servir ao Senhor em um ministério de música. A esses, cabe ao coordenador convidá-los a se afastar do ministério e conscientizá-los de que são importantes para Deus e que devem pedir a direção do Espírito Santo para que os molde e sejam consagrados para a Obra.

A tarefa não é fácil, mas a recompensa é grandiosa a todos aqueles que seguirem Suas palavras e forem verdadeiramente servos. Todo líder (coordenador) foi consagrado e abençoado por Deus para que faça de sua Obra uma meta a ser alcançada. Todos os que souberem conduzir seus ministérios, saberão que quando saírem, para que seus discípulos tomem seus lugares à frente, a unção de Deus nesse ministério será dobrada e que cada vez mais a obra do Senhor será engrandecida na Igreja.

 

Santa Cecília, rogai por nós!

Jesus abençoe!

Rafael de Angeli - Canal da Graça
rafael@canaldagraca.com.br
Coordenador do Ministério das Artes (RCC) da RE2
(Araraquara-SP e região) - Diocese de São Carlos-SP

  
  
 

Ver outros artigos de Rafael de Angeli

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.