Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Artista que é artista se apresenta diante de 3 pessoas ou de 3 mil...

Ouça com o ouvido e com o coração. A Palavra de Deus, mais do que compreendida, deve ser digerida, pois nem tudo entenderemos. Nem o próprio Jesus sabe o dia que Ele virá, mas só o Pai. E este dia nos traz uma verdadeira expectativa. Ele está chegando, devemos esperar com ânimo, com arte.

Eu sou um padre artista, sempre fiz "arte" desde criança. Artista não escolhe ser artista, ele nasce. Ser artista é uma sina, não é escolha. Todo artista é um relâmpago. Você é o relâmpago de Deus com 10% de inspiração e 90% de transpiração.

Vendo as pessoas encenando tudo igual e perfeito, vi que foi puro suor e trabalho. Precisamos ter o Espírito, mas também transpirar, praticar a arte de ser cristão. O artista é esse relâmpago de que nos falava a palavra de Deus. Ele não é uma hidrelétrica, pois quem é, é a Igreja. Ela é luz para o mundo, por essa luz ela ilumina o mundo.

Tem gente que deixa a sua arte relâmpago causar morte. Não come, só vive para a arte. Já vi muitos artistas com o poder de tal arte destruir um ministério. Eu sempre disse para os ministérios que eu acompanhei: "Deus tem um plano bem maior para você, que vai além da fantasia. Há a realidade".

Dois relâmpagos não se cruzam. Assim acontece com os artistas. Muitos, quando se encontram, saem faísca. No teatro, existe uma expressão que é tida como boa intenção: "dar a vez". Há muito artista que quer tomar o lugar de Jesus, mas o que importa é que "Ele cresça e eu diminua" (cf. Jo 3,30). Fique feliz se num momento você for esquecido, mas Deus for louvado.

O artista verdadeiro é aquele que não busca migalhas de palmas. Artista que é artista se apresenta diante de 3 pessoas ou de 3 mil. Não faz diferença diante de você a quantidade de público. O artista não depende do salário afetivo que recebe. O artista vive o mistério da solidão da clausura.

O momento de se preparar para apresentar é um momento de solidão acompanhada por Deus. Artista que não reza antes, apresenta o seu querer e não o de Deus. Você é o palco de Deus e, por isso, sua inspiração, muitas vezes, toma conta de você.

A inspiração tem, muitas vezes, começo, meio e fim, mas depois precisa ser trabalhada na transpiração. A arte é ecumênica.

Todo artista passa por um tempo de des-inspiração. Nessas horas, faça o que Maria disse: "Fazei tudo o que Ele vos disser" (cf. Jo 2,5). Vai rezar.

Um dia, teremos pessoas com arte nova, sem mediocridade, que sabe dar de si porque não se pertencem. Relâmpagos de Deus que vão clarear o mundo com nossa arte, que um dia se transformará em salvação.

 

Padre Joãozinho
Sacerdote do Sagrado Coração de Jesus

  
  
 

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.