Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Você já parou para pensar? A voz é seu instrumento!!! Talvez o maior e o mais complexo de todos...
Entre guitarras, violões, pianos grandiosos, baixos acústicos, baterias, violinos, flautas e muitos outros... É o mais bonito.... Ou não!?

Poderia ser... Pois entre todos os citados é o mais capaz de emocionar... Ou não! Depende de nós!
Pense comigo... O tamanho do nosso instrumento é incontestável! Da cabeça aos pés. Talvez só se compare com um baixo acústico.
E a complexidade! Trata-se de milhares de células, que agem em conjunto. Milhares de mecanismos, comandados pelo chefe cérebro. Músculos entrelaçados numa grande teia, sustentados pelos nossos amigos, os ossos... E a grandiosa pele, que reveste toda essa complexidade. Imagine toda essa maquinaria descoberta!

Digamos, então, que a pele é nosso Kaise, nossa capa de proteção.
Engana-se, você, se considera somente um aparelho fonador seu instrumento... Se quando ouve falar em voz, pensa somente em garganta, pregas vocais, pulmão e músculos abdominais.
Quando se fala em voz., pensa-se em corpo como um todo, ou pelo menos deveria. A voz pertence ao corpo! Parece-se óbvio, mas... É bem verdade!

O que o corpo sofre... A voz sente! Por isso é preciso construir, antes de cantar, toda uma consciência corporal e emocional também, porque não?! Se a emoção é resultado de alguma alteração lá dentro do nosso grande instrumento.
Comparando-o com um outro instrumento, por exemplo, o violão; tirando-o da capa, ligando-o num amplificador pronto para tocar!
A voz não funciona bem assim... Para estar pronta para uso, é necessário todo um preparo, físico, psicológico, técnico e espiritual também (este, pra nós que cantamos para Deus, é o mais importante). Seu instrumento, assim como qualquer outro, merece muito carinho e cuidado.

Imagine você o preço de um bom piano! Mais ou menos uns R$ 6.000, e usado, encontrei-o lá no mercado das pulgas. E o seu instrumento, a sua voz... Qual é o preço que você daria?

Não deixe de levar em consideração o tamanho, a complexidade, a beleza do som, a amplificação, a diversidade dos timbres e a exclusividade, porque seu instrumento só você o tem!
Mas, em contrapartida, ele talvez não esteja em tão boas condições.

Convido você a fazer agora uma avaliação do seu instrumento fabuloso: ele está sendo bem cuidado?

Espero que você tenha entendido, pelo menos um dedinho, de como esse instrumento companheiro, que você tem aí consigo, é importante, e caro, e raro, e único... E merece muuuuuuiito carinho!!!
Cuide do seu! Porque infelizmente ninguém pode fazê-lo por você!!! Nem o professor de técnica vocal, nem o fonoaudiólogo, nem os melhores profissionais da voz, isso cabe a você, única e exclusivamente!

  
  
 

Ver outros artigos de Marcio Cruz

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.