Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Sempre existe um momento que devemos voltar às origens... Voltar de onde começamos e ver o quanto aprendemos com um gesto. Saímos de casa em busca de realização, sonhamos com mil projetos e eles se realizam. Passamos a viver dentro daquele ambiente sonhado. Tudo é mágico e o que mais queremos é continuar ali, junto de nosso sonho realizado. Os anos vão passando e com eles vêm o aprendizado de ver que as coisas não são como a gente imaginava, pois nos sonhos tudo é perfeito. Passamos a ver certos hábitos não convencionais e passamos pela etapa do não concordar... Mais alguns anos e tentamos mudar algo que está insatisfatório para nós. Passamos, então, a ver que certas coisas nunca mudarão e temos que aceitar as pessoas e os fatos de forma natural, pois ninguém é perfeito. Depois de mais algum tempo, aquilo passa a nos incomodar e no coração vem a incerteza, questionando se tudo vale a pena por algo que sabemos que não será mudado... Quando, de repente, vem a vontade de largar tudo, recomeçar e buscar outros horizontes...

Há pessoas que passam a vida inteira em um mesmo lugar e aquilo passa a ser tudo em suas vidas, dali não saem jamais. Há outras que sua vida é mudança. Por certo tempo as coisas lhe satisfazem, por outro lado já estão de olho em outros objetivos e aquilo aumenta gradativamente. Para um sonhador, a melhor hora é aquela que podemos ver os momentos se realizando. Para aquele que vive em sonho, a realidade é bem diferente... Por isso independe da proporção que as coisas andem, temos que sempre voltar às origens. Ter a coragem de dizer que realizamos, cumprimos a nossa missão e voltamos. Voltar com a humildade de quem lutou e venceu, mas teve que deixar algo valioso para um novo começo.

Parece abstrato tudo que estou escrevendo, mas se você já teve um sonho e foi em busca, sabe que muitas vezes, em pouco tempo, vemos a realidade bem diferente do mundo mágico que imaginamos. Lutamos por um objetivo, e quando vemos que as coisas já tem o seu curso, ou nós nos entregamos a ele ou voltamos para onde saímos... Aprendemos e amadurecemos por ver que alguém foi feliz com sua realização. Que o bem que você emanou naquilo que fez, deixou pessoas mais amadas. Que o sorriso na hora necessitada ajudou alguém a não cometer um erro. Valeu tantas noites sem dormir para ver algo concretizado. Valeu horas de viagem por ver a alegria do reencontro.

"Tudo vale a pena se a alma não é pequena". Fernando Pessoa estava muito certo quando escreveu isso. Além do mais, é melhor tentar a nunca saber se venceríamos. É melhor voltar com a certeza de que não esperamos e fomos atrás do que sonhávamos a esperar que tudo aconteça em nossa hora.

Nunca se arrependa de ter ido em busca de algo... Com tudo a gente aprende. Arrependa-se de não buscar e não acreditar que a vida é uma grande lição para aquele que sonha.

 

Karla Fioravante
karla.fioravante@terra.com.br
Cantores de Deus - São Paulo-SP
  
  
 

Ver outros artigos de Karla Fioravante

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.