Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Mateus 12 - 28, 29, 30, 31

Chegando um dos escribas, tendo ouvido que Jesus havia lhe respondido bem, perguntou-lhe:
- Qual o principal de todos os mandamentos?
Respondeu-lhes Jesus:
- Ouve óh Israel, O Senhor, Nosso Deus é o único Senhor!
*Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força.
- O segundo é:
*Amarás o teu próximo como a tí mesmo.Não há outro mandamento maior do que estes.


Se o próprio Deus vem nos falar sobre o amor, o que fazemos nós quando deixamos de amar?
Bem, na verdade, quando deixamos de amar, deixamos de cumprir o mandamento de Deus, deixamos de fazer a sua vontade...
Quando deixamos de amar alguém por causa dos seus erros, dos seus defeitos ou porque simplesmente não nos simpatizamos com ela, damos um grande passo para que o nosso coração se feche para o amor, pois começamos a escolher a quem devemos amar... Quem é merecedor do nosso amor...

Em Mateus 24, 12, Jesus nos diz que por causa das nossas iniquidades, o amor de muitos esfriará...
Amar pessoas de nossa família, nossos amigos, filhos, é muito fácil, mas amar o desconhecido é muito difícil (mas não impossível).

Talvez hoje você se pergunte: como fazer para amar aquele com quem não me simpatizo?
O primeiro passo é reconhecer a importância da vida do nosso próximo.
Dentro dele bate um coração que sonha, deseja, tem metas, ideais, assim como você...
Pare para pensar... Até mesmo uma planta precisa de cuidados, de atenção, de amor para viver!
Se deixamos de regá-la, certamente ela morrerá... E assim somos nós, se não damos atenção ao nosso próximo, se não fazemos do nosso sorriso uma simples forma de carinho, na verdade fazemos com que o coração do nosso irmão se endureça, e assim, o matamos aos poucos, assim como a planta que é largada de lado, sem cuidados...
Um simples gesto e amor, um simples sorriso, um aperto de mão, pode mudar muito o coração de muitas pessoas e fazer com que suas vidas ganhem um outro sentido!

Em Corintios 13, lemos que não adianta falar a língua dos homens e dos anjos, mas se não tivermos amor, de nada seria. Precisamos, a cada dia, fazer o exercício de amorização pelo nosso próximo, e Deus torna aquilo que pra nós parece imposssível, real.

E aquele que o qual julgavamos ser uma pessoa antipática, aos poucos vai se tornando um ser humano mais atencioso, mais generoso, e seu coração de pedra vai se transformando num coração de carne, capaz de amar!!! Por esse sentimento (AMOR), nosso Deus enviou seu Filho amado pra nos salvar.. E quantas coisas desagradáveis Ele passou pra nos provar que amar vale a pena!!!
Já pensou se Ele tivesse desistido, do que seria de nós?
Jesus acredita na nossa mudança, na nosa capacidade de amar e de mudar nossas vidas e assim a vida do nosso próximo! E olha que Ele conhece muito bem os nossos defeitos e mesmo assim confia em nós e nos dá sempre a oportunidade de recomeçar, de tentar mais uma vez!
E assim devemos fazer, sermos imitadores de Cristo e dar a oportunidade de nossos irmãos receberem amor e, conseqüentemente, dar amor também em troca!

Se o amor é o maior mandamento, porque não cumpri-lo? Há um tempo pra cada coisa e hoje Deus nos convida a amar a quem não conhecemos....Você verá que não é tão difícil o quanto imagina e verá que vale a pena!!!

 

Com carinho,

  
  
 

Ver outros artigos de JEAN

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.