Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Alguns lugares por onde passo são oportunidades que tenho de refletir sobre minha fé e minha entrega a Deus. São realidades das mais diversas, ricos e pobres, pessoas das mais diversas raças e das mais diferentes culturas, o que quer nos provar que a experiência de Deus não se limita à classe social ou nível cultural que se alcançou.

Certa vez, em missão na cidade de Corupá, em Santa Catarina, estive visitando a casa de uma senhora que morava com oito crianças, era uma casinha bem frágil à beira da estrada, distante da rodovia uns 15 Km. A casa havia sido construída exatamente em cima de uma vala, fui levado a observar a beleza do lugar, paradisíaco, uma natureza capaz de seduzir e de descansar os olhos de qualquer um que vive no meio de um grande centro, como eu vivo no Rio de Janeiro. A senhora me recebe à porta, e com um sorriso inesquecível me convida para entrar. Ao olhar a situação precária em que viviam aquelas pessoas, senti-me mal, não havia camas, todos dormiam em cima de jornais, havia uma velha mesa no canto da parede onde se colocava todo o mantimento da família, a única cadeira que tinha na casa estava lá no outro canto, que na verdade era apenas um cômodo. Quando me ofereceu a cadeira, eu aceitei. Imediatamente a alegria tomou conta do lugar, era como se tivessem ganhado um presente, na verdade era eu que me sentia presenteado; imediatamente a senhora foi até à mesa e abriu uma lata de condimentos, ela guardava ali um saquinho com pó de café que era pouco e parecia já ter sido usado, era o tudo que aquela mulher tinha para oferecer. Preparou um café que já me fez pensar nas coisas que tenho e nas que coloco a serviço dos meus irmãos. Com certeza posso fazer muito mais.

A atitude daquela mulher me feriu o coração como se tivesse ouvido ali a própria voz de Deus, ela é um dos caminhos que Deus usou para me convencer da alegria de servir.

Por isso, irmão, não importa o quanto você já ofereceu de você. Existe sempre alguma coisa mais. Não devemos pensar que nada podemos fazer pelo Reino de Deus, pois dar o que nos falta por amor é a melhor maneira de viver a vida verdadeiramente em Deus.

Deus abençoe a todos e nos faça sempre fiéis ao seu chamado. Paz.

 

Izaias (izaiasrio@ig.com.br) - www.cantorizaias.com
Missão Coração Novo - Rio de Janeiro-RJ
  
  
 

Ver outros artigos de Izaias

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.