Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


"Enviar luz à profundeza do coração é dever do artista" (Shumann)

 

DICAS E EXERCÍCIOS PARA MELHORAR SUA RESPIRAÇÃO

Olá! Em primeiro lugar agradeço a todos que me escreveram fornecendo sugestões ou fazendo perguntas sobre voz e canto. Agradeço também as palavras de carinho que tenho recebido de todos os cantores. Lembro que caso tenham dúvidas em realizar os exercícios aqui destacados, me escrevam para que eu ajudá-los(as).

CANTOR(A), ATENÇÃO: não faça os exercícios de forma incorreta, pois isso pode prejudicá-lo(a) em sua forma de cantar e a sua qualidade vocal. Vamos continuar nessa seção os exercícios de respiração, para que você possa desenvolver melhor sua capacidade respiratória e assim cantar melhor.

 

EXERCÍCIO PARA FORTALECIMENTO DO MÚSCULO DIAFRAGMA

1º Exercício:

Inspire o ar (pelo nariz e sem erguer seus ombros), dê uma pausa de 2 a 3 segundos e solte o ar em estacatto (bem pausado - separados) em 5 tempos (segundos) S – S – S – S – S.
Depois você deverá ir aumentando o tempo para 10 e 15 segundos, sempre em stacatto (pausado).

Faça este treino pelo menos duas vezes ao dia. Sempre sentindo a movimentação do músculo diafragma. Eu relembro que quando inspiramos a nossa “barriga” deve encher e quando expiramos a barriga murcha. No momento em que estiver fazendo este exercício, sinta sua barriga movimentar-se de forma sincrônica.

ATENÇÃO: treinar os exercícios respiratórios todos os dias pelo menos 15 minutos, para que, assim, você possa desenvolver a agilidade da musculatura respiratória. Sem treino, sua musculatura não ganhará agilidade para o canto.

2º Exercício:

Quando você tiver um bom domínio desta técnica de respiração, você pode iniciar a fazer um treino respiratório específico. O exercício que segue é indicado para cantores(as) que apresentam um bom domínio da sua movimentação diafragmática e maior experiência no treino respiratório.

O exercício consiste em realizar um treino com:

inspiração lenta - expiração lenta
inspiração lenta - expiração rápida
inspiração rápida - expiração lenta
inspiração rápida - expiração rápida

Observação: É bom colocar uma pausa de dois a três segundos depois da cada inspiração e cincos segundo depois da expiração. Isso permite aos músculos se relaxarem e facilita a entrada de ar e o controle dos movimentos.

Recomendo que você faça os exercícios de respiração todos os dias, pelo menos 2 vezes ao dia (manhã e tarde; ou manhã e noite). Este treino consiste em uma técnica complexa, que permite um controle respiratório ao cantor e um aumento progressivo na capacidade respiratória no canto.

 

EXERCÍCIO PARA APRENDER A RESPIRAÇÃO COSTO-DIAFRAGMÁTICA

Muitos cantores me escreveram dizendo da dificuldade em respirar sem erguer os ombros (porque geralmente temos uma respiração superior). A respiração superior não é eficiente e completa para o cantor. Por isso, um exercício bem simples e fácil de fazer é:

TREINAR A RESPIRAÇÃO DEITADO – deite-se e coloque um livro sobre a sua barriga e conforme você inspirar você verá o livro erguendo e conforme expirar você verá o livro abaixando.

A questão da respiração costo-diafragmática é essencial para que você tenha um bom suporte respiratório. Caso você sinta tontura (no momento em que estiver realizando os exercícios em pé), pare alguns momentos e respire lentamente. Não continue fazendo os exercícios caso sinta algum mal estar.

DICA: A respiração no canto é diferente da respiração da fala, você como cantor(a), deverá saber controlar o sopro, você deve aprender a ECONOMIZAR e CONTROLAR o ar expirado. Você precisa tentar REGULAR constantemente o GASTO de ar conforme a intensidade, a altura tonal, o timbre e a duração da frase que você irá cantar.

 

Um abraço, fiquem com Deus e até a próxima!

Ivani Rosa dos Santos
ivanifono@yahoo.com.br
Fonoaudióloga graduada pela UNESP
Mestre em Bioengenharia - USP
Especialização em Voz - USP

  
  
 

Ver outros artigos de IVANI

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.