Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Muitas empresas apostam, hoje, na reciprocidade de imagem, ou seja, apostam em ter sua marca atrelada a algo que tenha, perante a sociedade, ou determinado grupo, uma boa imagem.

É o que acontece, por exemplo, quando determinada empresa patrocina o "Criança Esperança" ou a campanha do agasalho de sua cidade. Esses marketeiros acreditam que terão suas marcas associadas às boas obras realizadas e isso realmente acontece, inconscientemente.

O profissional de Marketing é aquele que constata uma necessidade nas pessoas e a transforma em lucro. Qual é, então, o papel do "Marketeiro católico"? Identificar necessidade nas pessoas e transformá-las em evangelização.

Existem muitas empresas querendo ter sua imagem vinculada a eventos e entidades católicas, o que pode trazer muitos benefícios para a evangelização. Porém, com cuidado e discernimento, para que empresas que são contra-testemunho não sejam divulgadas.

A pizzaria do meu bairro é muito boa e sempre o pessoal da banda come lá. Por que não pedir patrocínio para o nosso evento paroquial e divulgar o nome dessa boa pizzaria nos panfletos de divulgação, que talvez o dono daquela gráfica que meu amigo conhece possa imprimir em troca de ter seu logotipo lembrado nos cartazes e panfletos?

Temos que usar de todos os meios possíveis (que são agradáveis a Deus) para concretizar os eventos de evangelização, as quermesses, para levantar fundos para igreja ou para determinada instituição de caridade.

É valido lembrar que não deve-se comercializar um evento católico, onde o patrocinador dita as regras. Deve ficar claro que o patrocinador é aquele que proporciona a ajuda financeira, mas ele não está comprando nada, apenas colaborando.

Não deixe de realizar seu evento de evangelização por falta de dinheiro, busque parceiros promocionais que podem estar, mesmo sem você saber, sentado ao seu lado na missa!!!

 

Fique com Deus!

  
  
 

Ver outros artigos de Gus Lucas

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.