Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Eu lembro direitinho dessa frase dominical, alguém fazia algo diferente e o apresentador perguntava aos srs. jurados: quanto vale o show? Depois de um tempo começou outra frase que me chamava a atenção... kkkkkkk você está na pegadinha do... E muitos se aventuraram a ser o... Alguns transformaram até em diária, mas isso não tem muito a ver aqui.

Depois que escrevi e publiquei (aqui no Portal da Música Católica) o artigo "no inferno não tem procon", assustei com a quantidade de e-mails que recebi e de como as pessoas são marcadas com a primeira experiência sexual, muitos descreveram, como se estivessem num divã de psiquiatra, seus traumas, lembranças negativas e, o pior de tudo, o quanto tiveram de representar fingindo que gostaram... Rezei muito pela continuidade daquele artigo, o que tenho ouvido e visto da galera me assutou demais, mas pecado é pecado e não importa o grau de inovação que ele tenha, ele continua sendo pecado, e mais: não tem medida nem peso... Pecado é pecado só, num tem nem pecadinho nem pecadão, mas o que me motivou foi uma seqüência de fatos do dia-a-dia.

Todo dia eu recebo aqueles e-mails de spam e vírus que dizem milhares de coisas bestas e no fim um link "veja as fotos", a curiosidade leva a pessoa a receber o vírus que estava ali escondidinho, ou no link que a pessoa abre. Porque faço essa comparação?

É incrível como a juventude perdeu a noção de valor das coisas, pudor é uma palavra que sumiu. Na minha época as meninas tinham vergonha de mostrar o corpo, hoje fazem bundão (ou bundalelê em alguns Estados) à torta e à direita por aí. Tenho visto cenas terríveis atrás dos palcos de evangelização, moçada dando um ralo ferrado e não estão nem aí com a galera, há um tempo atrás um "casalzinho" estava transando encostados no ônibus que nos transporta, na maior boa do mundo.

O terrorismo continua à solta... Muitos, mas muitos jovens, têm estampado nas suas mentes as cenas sexuais de sua história, e essas cenas muitas vezes são o que os joga no chão, os fazem cair... Recentemente um rapaz me ofereceu um vídeo de uma menina que ajudo, dizendo que ela se faz de santinha, mas que ele tem as imagens sexuais dela, que ele instalou uma micro câmera em umas das "ficadas" deles e eu precisava conhecer quem ela era de verdade. Quando li essas palavras dele me lembrei do demônio, não que o rapaz seja o demônio, embora nesse caso esteja agindo como tal, mas que ele tem feito isso com os jovens e é hora de desmascará-lo. Volta e meia ele te oferece recordar suas cenas, aquelas coisas todas do passado voltam com intensidade tal que parecem que foram hoje.

Talvez você nunca tenha pensado no quanto você é importante e o quanto você vale para Ele (Deus), o diabo a toda hora expõe seu passado, suas cenas, seus deslizes... E pergunta ao júri quanto vale o show? Sua carência (jurada) diz que valeu a tentativa de buscar o saciar dela (carência não se sacia, se cura). Sua busca de auto promoção (também jurada) diz: pelo menos tenho o que contar quando vierem contar vantagem pra mim, "num dou uma de trouxa...". Os outros jurados dão suas opiniões e notas, alguns do tipo com essa cena a alma está atrelada a nós por toda a vida, ou depois de ter feito isso nunca mais andará de pé, sempre se arrastará na caminhada, e assim vai. Eu digo isso porque essas coisas me infernizaram muitos anos na juventude, e para vencer sempre foi muita, mais muita luta mesmo, até que um dia ouvi um grande pecador pregando sobre Col 2 12-14: Sepultados com ele no batismo, com ele também ressuscitastes por vossa fé no poder de Deus, que o ressuscitou dos mortos. 13. Mortos pelos vossos pecados e pela incircuncisão da vossa carne, chamou-vos novamente à vida em companhia com ele. É ele que nos perdoou todos os pecados, 14. Cancelando o documento escrito contra nós, cujas prescrições nos condenavam. Aboliu-o definitivamente, ao encravá-lo na cruz.

Essa palavra caiu na minha vida como um míssil.

O documento contra nós está cravado na cruz. Os originais dos nossos pecados estão na cruz. As cenas que vêm à nossa mente são cópias piratas, não são originais, tem o mesmo conteúdo do original, mas são falsas... O que havia contra nós que nos jogava no chão, que nos fazia errar, nos fazia cair de novo, o gosto do prazer que no fundo nos dava, era falso (ah, pecado dá prazer sim, só que um prazer mentiroso, se pecar fosse igual dar uma martelada no dedo, ninguém pecava, o pior é que no fim o prazer dele mata), quando as coisas começam a vir à luz, aparece o último jurado que diz o show vale tudo!!!

Admirado, o apresentador e os outros jurados da vida fitam seus olhares nele, e ele continua, talvez eu tivesse 30 moedas de prata a oferecer nesse show de vida, mas dou meu próprio sangue pelas cenas de tua vida, teus originais cravei na minha cruz para que ninguém no mundo ou no inferno pudesse ter acesso a elas, lembra que és meu que és minha, e que dei reinos por ti.

Termino dando uma tarefa de casa e coloco uns comentários entre parênteses pra ajudar a reflexão:

I Cor 6: 15. Não sabeis que vossos corpos são membros de Cristo? (Cristo hoje só tem seu corpo eucarístico e o nosso pra se manifestar à humanidade) Tomarei, então, os membros de Cristo e os farei membros de uma prostituta? (ou de uma menina numa ficada?) De modo algum! 16. Ou não sabeis que o que se ajunta a uma prostituta (ou a uma menina qualquer de uma ficada que rende) se torna um só corpo com ela? Está escrito: Os dois serão uma só carne (Gn 2,24). (as palavras embora dirigidas a homens vale igualmente para as mulheres) 17. Pelo contrário, quem se une ao Senhor torna-se com ele um só espírito. 18. Fugi da fornicação (coito ilegítimo pra quem não sabe o que é). Qualquer outro pecado que o homem comete é fora do corpo, mas o impuro peca contra o seu próprio corpo. 19. Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual recebestes de Deus e que, por isso mesmo, já não vos pertenceis? 20. Porque fostes comprados por um grande preço. Glorificai, pois, a Deus no vosso corpo. (esse é o quanto vale seu show)

Col 1: 12. Sede contentes e agradecidos ao Pai, que vos fez dignos de participar da herança dos santos na luz. (SOMOS DA LUZ) 13. Ele nos arrancou do poder das trevas e nos introduziu no Reino de seu Filho muito amado, 14. no qual temos a redenção, a remissão dos pecados. 15. Ele é a imagem de Deus invisível, o Primogênito de toda a criação. 16. Nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as criaturas visíveis e as invisíveis. Tronos, dominações, principados, potestades: tudo foi criado por ele e para ele. 17. Ele existe antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem nele. 18. Ele é a Cabeça do corpo, da Igreja. Ele é o Princípio, o primogênito dentre os mortos e por isso tem o primeiro lugar em todas as coisas. 19. Porque aprouve a Deus fazer habitar nele toda a plenitude 20. e por seu intermédio reconciliar consigo todas as criaturas, por intermédio daquele que, ao preço do próprio sangue na cruz, restabeleceu a paz a tudo quanto existe na terra e nos céus. 21. Há bem pouco tempo, sendo vós alheios a Deus e inimigos pelos vossos pensamentos e obras más, 22. eis que agora ele vos reconciliou pela morte de seu corpo humano, para que vos possais apresentar santos, imaculados, irrepreensíveis aos olhos do Pai. 20. e por seu intermédio reconciliar consigo todas as criaturas, por intermédio daquele que, ao preço do próprio sangue na cruz, restabeleceu a paz a tudo quanto existe na terra e nos céus. 21. Há bem pouco tempo, sendo vós alheios a Deus e inimigos pelos vossos pensamentos e obras más, 22. eis que agora ele vos reconciliou pela morte de seu corpo humano, para que vos possais apresentar santos, imaculados, irrepreensíveis aos olhos do Pai.

Valeis mais que pássaros... Até mesmo os fios de cabelo da sua cabeça estão contados por Ele. Se você der testemunho na terra da sua condição de casto, sua luz brilhará na terra e Ele dará testemunho de você diante do Pai que está nos céus!

 

Eraldo Mattos
eraldo@codimuc.com.br
  
  
 

Ver outros artigos de Eraldo Mattos

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.