Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Eu estou tendo a graça de estar de férias, mas cristão não tira férias de cristianismo, nem tem cabimento um cristão não ser ativo 24 horas... Mas, hoje, curtindo minhas férias de chuva, fui à missa às 19h30 e quando estava entrando na Igreja senti o Senhor me "falando", imediatamente me coloquei em prontidão: "Fala Senhor, que teu servo escuta", aí o senti colocando uma série de papos que tive e imagens de pessoas que conheço, tudo isso lotando minha mente. Lembrei dos jovens que me pedem socorro porque não querem cair, mas de maneira especial lembrei dos que me pedem isso e até, com um ar de vergonha, me dizem: sabe, Eraldo eu sou virgem!

Pela infinita graça do Senhor tive a oportunidade de conhecer muitos jovens virgens, e digo: quase ninguém na Igreja fala com eles ou para eles, por isso hoje dedico minha atenção a vocês, "heróis da resistência", e de maneira especial quero dizer parabéns. Hoje sou capaz de sentir a dor que vocês passam quando alguns "amigos" vêm contar com vantagem suas aventuras, muitas vezes mentirosas e cheias de frustrações ocultas, mas que provocam um sentimento de "acho que não sou normal".

Queria dizer a vocês que muitos, mas muitos jovens, se arrependem depois de perder a virgindade, parece que ficam viciados em algo insaciável, a maioria dos rapazes aumenta o número de vezes de masturbação (diárias) passam a viver como aqueles cachorros que andam ruas e mais ruas atrás da cadela que está no cio, acham que o mundo é feito de cadelas no cio...

As meninas infelizmente se frustram, na grande maioria, na primeira vez, aí se enganam e se enganam até que se acostumam com a enganação e concluem que o sexo é aquele "quase nada" que conheceram. Com os dias passando, percebem que as coisas ficam mais difíceis de serem vividas, que quem tinha um pouco de juízo começa a se questionar, porque parece que Deus construiu um muro no céu e as orações ficaram difíceis de passar esse muro, e aos poucos se acomodam com a situação... Se você é virgem, vou te falar, depois da primeira, nada na vida permanece igual.

Deus deu o sexo como presente sagrado, se ele não é usado no matrimônio, é produto roubado, e normalmente coisas roubadas não tem garantia de funcionar bem, quantos namoros vi que após a insistência de uma das partes, o outro cedeu e destruíram anos de atenção, carinho, respeito... Por uns minutos de roubo, quantos jovens que se abrem comigo e dizem "eu finjo que estou tendo orgasmo pra não magoar meu namorado", mas cada vez que a gente transa eu penso em Deus, no que eu perdi de pureza, simplicidade, verdade nas coisas, da distância que fiquei dos meus pais e das pessoas que realmente me amam por causa da maneira que estou vivendo...

Quantos jovens não dariam tudo pra poder reclamar que não valeu a pena a experiência, quantos que se questionados de verdade mesmo, não gostariam de reclamar que foram lesados, que seus amigos, a TV... Diziam um monte de coisas que ele(a) não sentiu, e quantas coisas esconderam ou não falaram e que estão fazendo a vida ser mais difícil, ter mais medos... Ah se no inferno tivesse um Procon!!! Certamente muitos jovens lá estariam devolvendo seus sonhos amargos e querendo o preço do que custou a curiosidade ou a falta de controle depois de uns goles a mais... Resta a misericórdia de Deus pra consolar e ajudar a remendar os panos rasgados, mas fica a lição que ninguém tem coragem de testemunhar, será que vale a pena perder a virgindade de qualquer maneira?

Eu lembro de uma amiga (uma loiraça kkk) que todo mundo dava em cima dela e ela dizia: me guardei pra um homem 19 anos (era a idade dela) e agora que faltam poucos anos pra casar vou jogar 19 anos fora só por causa de curiosidade?

Quantos anos você está se guardando?
Não jogue fora esse tempo por nada, curta a emoção de ser de quem Deus te escolheu e, melhor ainda, enquanto isso, seja esposa de Deus (mesmo sendo homem, a esposa é a Igreja), os virgens são como esposas dEle, e Ele os entrega aos que Ele mesmo escolheu para serem abençoados com as riquezas do matrimônio, entre elas o sexo.

Nos obrigaram a experimentar coca-cola e muitas outras coisas das quais talvez até hoje sejamos dependentes, mas não somos obrigados a fazer tudo o que os outros influenciam na gente, devemos, ao contrário, mostrar que certas coisas estão vivas e merecem atenção, entre elas respeito, pureza, simplicidade, autodomínio... E que nunca podemos esquecer que no inferno não tem procon.

Fica para os espertos a cruz de Cristo como refúgio dos valentes que enfrentam esse mundo com suas loucuras e o Coração Eucarístico de Jesus para aqueles que sabem o que querem.

Vença os minutos de provação ou tentação, eles passam rápido, e preste atenção: Deus sempre te dá uma chance antes da queda ou um pensamento ou uma música... Pra que você se questione se quer cair mesmo... Aprenda a usar esses toques de Deus, assim você nunca levará gato por lebre e quando experimentar o sexo verdadeiro com as graças do matrimônio, vai saber o quanto Deus nos ama.

 

Um abraço e força
Vença!
Se der a gente continua

 

Eraldo Mattos
eraldo@codimuc.com.br
  
  
 

Ver outros artigos de Eraldo Mattos

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.