Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Imagino que a sua reação seja a mesma que a de todo mundo, olhar correndo para ver de onde vem o grito, e se tem alguém fugindo, não é? E aí começa a curiosidade... Que será que ele roubou? Quem será que era o ladrão?

Você alguma vez roubou?
Já teve posse de algo que você sabia que era roubado, ou que pertencia a alguém e você usou indevidamente, sem autorização?

Você consegue imaginar uma árvore de natal cheia de presentes e você fica sabendo que alguém "pegou" um presente sem o nome de quem era e antes do natal começou a usar e se divertir com o presente? Só que esse não era dele, e estava usando antes da hora?

Caramba, Eraldo, fala logo onde você quer chegar!

Você sabia que nós somos os únicos animais racionais? Ah... Sabia também que somos os únicos a termos prazer no ato de "proliferação da espécie"?

Imagine que se para engravidar fosse como uma martelada na cabeça... Que doesse muito e não desse a menor sensação... Estaria resolvido o problema demográfico da China e do mundo... Hehehe. Sabia que Deus colocou prazer no sexo como um "prêmio" para o ide e multiplicai-vos? Não sou devoto de que o sexo seja só para as ocasiões em que se deseja engravidar, mas preciso pôr uns "pingos nos is".

Fico pau da vida de ver essa moçada de hoje roubando o presente que Deus reservou para o casamento deles, achando que porque essa é a menina que eu vou casar, ou esse é o rapaz que vou viver eternamente... Correm na árvore de natal e pegam o presente de prazer que estava reservado para o casamento de cada um deles, ou pior, acaba roubando o de alguém... Se você é um cara de Deus, saiba que cada vez que transa, você rouba Deus, ladrão sem vergonha, descarado(a). Você já pensou assim?

Deus é o esposo dos virgens (mulher ou homem para mim). A fidelidade sexual de um jovem é se abster, porque se abstendo permanece fiel àquele que está desposado.

É horrível ser traído. Quem já foi, sabe. Cada vez que um jovem, um adulto, um solteiro ou um casado caem em adultério, Deus é chifrado. Você já foi traído? E porque se permite ferir Deus assim? Seu "namoro" nunca será seguro porque vocês são infiéis a Deus, e a insegurança será a marca do teu namoro ou o que quer que seja.

Quando casamos deixamos de ser nós mesmos para nos unir a uma outra pessoa e ser uma só carne, como Deus é um. Os dois que se casam passam a ser uma só pessoa, e Deus como prêmio entrega em confiança a cada um o prazer do sexo, para que desfrutem da graça de multiplicar com amor, como Deus o fez conosco. Não somos frutos do acasalamento de Deus, somos fruto de seu amor...

Se você é casado e "cai", você trai Deus também, porque Ele confiou aquela sexualidade que você tem para o seu matrimônio, não para a galera... Ladrão sem vergonha!

Isso é só um desabafo. Acho que você, melhor que eu, vai saber adaptar isso na sua vida.
Se você recebeu seu "presente de natal" das mãos dEle no matrimônio, glorifique o Nosso Pai que nos fez Sua imagem e semelhança.

Se você está vivendo com presente roubado, devolva, comece tudo de novo e esqueça, por enquanto, dele, porque não é seu. Que você olhe para os lados quando ouvir um anjo gritar: "PEGA LADRÃO" e esteja com sua consciência tranqüila... Santo PHN.

 

Eraldo Mattos
eraldo@codimuc.com.br
  
  
 

Ver outros artigos de Eraldo Mattos

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.