Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


A paz de Cristo.

Olá irmã(o), venho novamente para lhe dizer sobre algo muito importante: o coração de um músico.

Inúmeras vezes ouvimos, em diversas passagens da Bíblia, sobre os corações, no qual selecionei algumas para formar este artigo. E já fica esta pergunta: Será que realmente conhecemos nosso coração, e o que fazemos para ser um coração virtuoso e digno de ministrar no reino de Deus?

Então você me faz outra pergunta: Meu coração? Porquê? E é isto que pretendo esclarecer um pouco, que é importantíssimo para o papel de músico.

"Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus". (Mateus 5, 8)

Uma linda e pequena passagem que nos diz muito. Limpos de coração: ser simples, humilde, sincero e reto nos caminhos de Deus. Este é um fator essencial para o desempenho dos integrantes de um ministério de música ou de qualquer outra pastoral de uma comunidade.

Leiamos estas duas passagens:

"Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração". (Mateus 6, 21)

"Porque do coração procedem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias". (Mateus 15, 19)

Como já podemos perceber, em nosso coração pode reinar e fluir coisas boas e ruins. Você é o único responsável para determinar o que realmente deve reinar no coração. E como músico de Deus, deve ser o Reino de Deus.

Podemos fazer uma breve associação do nosso coração às citações abaixo das parábolas do semeador e do joio, respectivamente: "É, pois, esta a parábola: A semente é a palavra de Deus". (Lucas 8, 11), "E ele, respondendo, disse: O que semeia a boa semente é o Filho do homem". (Mateus 13, 37).

Irmã(o), a semente é o Reino de Deus, que a cada instante é semeada em seu coração.

Jesus semeia. Nós devemos cultivar, para que o Reino de Deus cresça e dê frutos, e que os frutos possam ser colhidos para alimentar os irmãos que necessitam. Mas para isso acontecer, é uma árdua guerra. Na vida encontramos muitas dificuldades, impedindo que isto se realize, o que acaba nos afastando de Deus. São nestas ocasiões que muitos integrantes, e até ministérios inteiros, se dissipam.

A dúvida, a fraqueza, a insensibilidade do músico o faz desanimar, às vezes, sem perceber e sem saber porquê. Vejamos esta passagem para entendermos o que acontece:

"Os que estão à beira do caminho são aqueles em quem a palavra é semeada, são os que ouvem; mas logo vem o Diabo e tira-lhe do coração a palavra, para que não suceda que, crendo, sejam salvos". (Lucas 8, 12)

A decisão é sua! O inimigo está presente para te desviar do caminho que leva ao Reino de Deus. Você não pode ficar na beira do caminho. Se hoje está assim, é hora de mudar. Cristo é felicidade, o Seu Reino é vasto de amor, e está de portas abertas para recebê-lo, basta seguir o caminho da verdade, com um coração virtuoso e cheio de bondade.

"Mas a que caiu em boa terra são os que, ouvindo a palavra com coração reto e bom, a retêm e dão fruto com perseverança". (Mateus 8, 15)

Aqui se fecha todo o pensamento. O coração é a representação do nosso espírito. Posso dizer que a vida de cada pessoa neste momento está igual ao coração. Nós refletimos o estado do coração.
Corações puros e virtuosos são terra boa para que a palavra do Senhor, que é o Reino de Deus, quando semeada, por Jesus, possam dar frutos em abundância.
Corações indecisos e feridos são alvos fáceis para que a palavra do Senhor, quando semeada, seja sufocada, não perseverando, e desanimando o músico para seguir em frente com seu ministério.

Despojamento, oração de amorização, cura interior, é a receita que devemos seguir para conseguir ter um coração bom.

Rezemos: "Jesus, manso e humilde de coração, fazei do nosso coração semelhante ao vosso". Amém.

 

Carlos Eduardo (eduardo@bandakayros.cjb.net)
Ministério de Música Kayrós - Bauru-SP
  
  
 

Ver outros artigos de Carlos Eduardo

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.