Loja CDCristão.COM
Home
Notícias
Releases/Biografias
Links
Blogs
Orkut
Twitter
Lançamentos
Catálogo
Em Estúdio
Loja Virtual
Ranking
Prêmios
Aniversariantes
Promoções
Newsletter
Agenda/Eventos
Programa Acorde
Cristoteca
Rádio Beatitudes
Clipes
Cifras
Partituras
MP3
Entrevistas
Salmo On-Line
Luiz Carv. Responde
Carta do Papa
Direitos Autorais
Lista de Discussão
Artigos - Músicos
Testemunhos
Artistas
Gravadoras
Rádios Católicas
Divulgação
Fale Conosco!
Pedido de Orações


Olá, querido músico católico apostólico romano!

Chegou o tempo de Natal, e como diz a canção: "o que você fez?".

Pois é, chega essa época e vemos luzes por todos os lados, famílias correndo para comprar os presentinhos, árvores de Natal montadinhas, resumindo, temos uma festa linda, cheia de cores e luzes.

Sentimos um novo ano chegando, e com ele muitas promessas de melhoria de vida e também outros sonhos. Mas espera aí: o que de fato comemoramos no Natal? Há 2000 e poucos anos surgia no mundo alguém que revolucionaria tudo, que faria com que as pessoas mudassem o seu modo de ser e de agir, que anos depois morreria em uma cruz para remir todos os pecados, os meus e os seus...

É, mas parece que esse moço anda meio esquecido e só é lembrado mesmo como aquele menininho que nasceu pra trazer paz ao mundo, e apenas uma única vez.

E não falo unicamente desse Deus Filho, mas de todos os pobres que a Ele representam. Enxergamos um Brasil cheio de misérias, pobre, esfacelado por escândalos e mais escândalos de corrupção, recolocamos um por um dos que fazem isso sem pestanejar e depois reclamamos deles. Vemos as pessoas nas ruas numa situação de miséria e esperamos apenas que esses políticos façam a parte deles, mas e a nossa parte em tudo isso? Pois é, no Natal a gente começa a pensar um pouquinho, a dar um pouquinho do que nos sobra a essas pessoas. Somente no Natal!

Quando se inicia um novo ano, vem aquela preocupação com contas, impostos, material escolar dos filhos, entre outras coisas e olha lá o pobre sofrendo de novo, sem uma alma caridosa que surgiu no Natal pra lhe dar algo. Pois é, Ano Novo, "vida nova", e Jesus será novamente esquecido por mais de 300 dias, esquecido naquele que sofre, no desamparado, numa criança de rua, esquecido em sua cruz.

Que as luzes desse Natal possam brilhar em nossos corações, para que o Ano Novo seja cheio de paz a todos os Seres Humanos. Que a luz do menino Jesus nos tornem mais humanos, com mais atitude e não esperando que o próximo faça o que eu desejo fazer de bom ao meu irmão.

Um Feliz e Santo Natal e um Ano Novo iluminado a todos.

Santa Cecília, é Natal, mas continua rogando por nós, tá bem?

 

 

Almir Santana Rios
almir@canaldagraca.com.br
Canal da Graça

  
  
 

Ver outros artigos de Almir

Voltar para ARTIGOS

Listar TODOS os artigos em ordem alfabética

  
  
  Envie esta página para um ou mais amigos!
  
  
 
Voltar...
  
 
  
 Copyright © 2001 - 2011 por Portal da Música Católica. Todos os direitos reservados.